ELEIÇÕES 2022 - Efraim Filho confirma conversas com emissários do governador sobre retorno à base de João Azevêdo

 O deputado federal, Efraim Filho (União Brasil), confirmou nesta segunda-feria (16), durante entrevista à Rádio Arapuan FM, que recebeu emissários do governador João Azevêdo (PSB), para retomar à base governista na condição de pré-candidato ao Senado.


Efraim, no entanto, tem resistido a ideia, pelo menos até o momento. “Emissários do Republicanos me contactaram para retomar à base governista. O que tenho dito é que fui leal, honrei os compromisso é recebi indefinição”, afirmou
.

A movimentação deixa claro que o governador ja trabalha com o Plano B em relação à vaga para o Senado.

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

 

ORÇAMENTO SECRETO - Família Ribeiro mantém influência em alta mesmo sem abraçar o governo Bolsonaro

 A senadora paraibana Daniella Ribeiro (PSD) está entre os seis parlamentares federais que mais receberam a chamada “emenda secreta” do governo federal. A parlamentar ocupa a sexta posição com R$ 204.806.940,00, liberados entre 2020 e 2021.

O também paraibano Hugo Motta, deputado federal que comanda o Republicanos, conseguiu liberar R$ 130.999.328,00, de 2020 e 2021, em emendas. É o 13º no ranking.

As emendas RP9, liberadas pelo relator do Orçamento Geral da União, sem transparência em relação à designação e ao repasse, estão sendo questionadas junto ao Tribunal de Contas da União.

O lugar de destaque de Daniella chama atenção porque nem ela, nem o irmão Aguinaldo Ribeiro (PP), abraçaram o bolsonarismo durante os 4 anos de Jair Bolsonaro, o que confirma a fama de influência da família nos bastidores.

Já Hugo Motta, diferente de Daniella e Aguinaldo, defende mais abertamente o governo Bolsonaro no Congresso.

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

ELEIÇÕES 2022 - Candidatura de Aguinaldo Ribeiro ao Senado não existe mais e Cícero Lucena decide seu futuro político em Brasília

EXCLUSIVO  -  As notícias do dia são de que o prefeito Cícero Lucena viajaria a Brasília, nesta segunda-feira, para, finalmente, decidir com o deputado Aguinaldo Ribeiro a aliança do Progressistas com o governador João Azevedo, incluindo aí a candidatura do parlamentar a senador.

Mas algo anda desconjuntado nas informações. Primeiro, porque Aguinaldo passou todo o fim de semana na Paraíba e não é razoável que não tenha conseguido falar com o prefeito Cícero Lucena. Se não conseguiu, funciona a suposição de que existe algum ruído na relação.

outra direção, o prefeito Cícero Lucena insistiu, também nesta segunda-feira, que Aguinaldo é candidato a senador e que faltaria quase nada para o anúncio oficial. Aliás, Cícero e o filho Mersinho Lucena insistiram durante toda a semana que Aguinaldo seria candidato ao Senado.

Para quê, então, essa viagem do prefeito de João Pessoa a Brasília?

O problema parece já não ser a possível candidatura do deputado Aguinaldo Ribeiro ao Senado. Interlocutores mais do que privilegiados da política paraibana garantem, com toda credibilidade do mundo, que essa candidatura não existe mais, apesar das afirmativas de Cícero, Mersinho e até da senadora Daniella Ribeiro, na semana passada.

 

A questão estaria na saída que o Progressistas pretende dar ao imbróglio da candidatura de Aguinaldo ao Senado, alardeada como um dos pontos do famoso acordo celebrado com o governador em 2020, para formação da aliança que elegeu o prefeito Cícero Lucena.

Embora seja tido como um ás na articulação política, Aguinaldo não conseguiu viabilizar a candidatura ao Senado. Certamente, vai se escudar no argumento de que o governador João Azevedo não atuou o suficiente para atrair o Republicanos unido para o apoio a toda chapa governista. Assim, a principal briga política da atual campanha eleitoral está montada.

 

Ao que se informa, a saída escolhida por Aguinaldo seria o lançamento da candidatura da irmã, a senadora Daniella Ribeiro ao governo do Estado.

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

 

ELEIÇÕES 2022 - Aguinaldo Ribeiro avalia 3 saídas, inclusive aliança com Cunha Lima para disputa deste ano

 EXCLUSIVO  -  Conversas vazadas de Brasília nas últimas horas apontam que existe um movimento nos bastidores, lá no Planalto, tocado pelo ex-senador Cássio Cunha Lima e o deputado Welington Roberto, no intuito de unificar toda a direita na Paraíba para a disputa das eleições de outubro. Tentam fazer o presidente Bolsonaro comprar a ideia. A presença de Pedro Cunha Lima em Itatuba, recentimente teria sido um gesto.

A novidade é que o deputado Aguinaldo Ribeiro estaria sendo tentado pelo movimento da direita. Além da possibilidade de formação de uma aliança de maior porte para a disputa das eleições estaduais, com a participação de Bolsonaro, haveriam interesses específicos do interesse do Progressistas em Campina Grande. Assim, Cunha Lima e Ribeiro se afinariam.

Neste caso, Aguinaldo Ribeiro seria apenas candidato a deputado federal. Teria dificuldade de levar Cícero Lucena, mas os interesses nacionais do partido seriam seguidos.

Em não dando certo o movimento pela unidade da direita, segundo os vazamentos de Brasília, o deputado Aguinaldo Ribeiro se inclinaria pelo lançamento da candidatura da senadora Daniella Ribeiro ao governo do Estado. Pesquisas indicariam a possibilidade de chances, apesar da dificuldade de formar uma aliança mais ampla. Mesmo sem êxito agora, o nome de Daniella estaria sendo trabalhado para o futuro.

Nesta hipótese, Aguinaldo tentaria convencer Cícero a largar o governador João Azevedo e apresentar o candidato a vice-governador. Mas não está totalmente descartada a permanência do Progressistas na aliança com o governador João Azevedo, mas sem Aguinaldo como candidato a senador. Só muito remotamente ele será candidato ao Senado.

No caso da manutenção da aliança com João Azevêdo, o projeto seria bancado pelo prefeito Cícero Lucena, que precisa da parceria com o governo do Estado para tentar chegar bem em 2024.

O presidente da Comissão Provisória do PDT na Paraíba, Marcos Ribeiro, disse nesta segunda-feira (16), que iniciou um diálogo com o prefeito da Capital, Cícero Lucena (PP), sobre eventual aliança para as eleições desse ano. Ele informou, também, que as portas da legenda estão abertas para o ingresso do gestor da Capital.

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

 

ELEIÇÕES 2022 - Adriano Galdino dá a "senha" para possível rompimento do Republicanos com Efraim Filho

 O deputado AdrianoGaldino já deu a senha para o "rompimento" do Republicanos com a pré-candidatura de Afraim Filho ao Senado nas eleições de 2022. Ou sinaliza para o retorno do deputado Efraim Filho a base do governador João Azevêdo. O presidente da Assembleia Legislativa foi bem claro em entrevista à imprensa paraibana.

O acordo de apoio do Republicanos a pré-candidatura do deputado federal Efraim Filho (União Brasil), ao Senado, pode ser reavaliado nos próximos dias. A informação é do presidente da Assembleia Legislativas da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, que está insatisfeito com o tom que Efraim tem direcionados ao governador João Azevêdo (PSB) e o apoio que ele tem dado ao pré-candidato do PSDB ao governo do Estado, deputado federal Pedro Cunha Lima.

É de conhecimento, da população paraibana, que o deputado Adriano Galdino é um dos postulantes a vaga de vice-governador na chapa de João Azevêdo e pode ter a indicação do Republicanos, enquanto o Progressista indicaria a vaga para o Senado. Com isso, estaria a chapa de João Azevedo pronta para as eleições de 2022. 

 

“Ele tem feito a campanha dele, do candidato dele (Pedro) e nós queremos a vitória de João. Ele está descumprindo o acordo de neutralidade”, disse Galdino. Efraim Filho esteve em Conceição neste fim de semana acompanhando Pedro, e o ex-senador Cássio (seu pai), numa agenda de pré-campanha por municípios do Vale do Piancó.

 

A fala do presidente da Assembleia Legislativa foi transmitida na Correio 98 FM, através do Correio Debate, na tarde desta segunda-feira (16).

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

ELEIÇÕES 2022 - Deputado Adriano Galdino já fala em "desconforto" no apoio do Republicanos a Efraim Filho, que nega e diz que relação é "ótima"

 EXCLUSIVO  -   O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Adriano Galdino (Republicanos), durante entrevista neste final de semana afirmou que existem "fissuras" no acordo de apoio entre o seu partido e o deputado federal Efraim Filho (União Brasil).

Adriano Galdino disse que ficou acertado com Efraim Filho que ele faria apenas a sua pré-campanha ao Senado no grupo de Pedro Cunha Lima (PSDB), pré-candidato a governador. Mas o que se tem visto é que Efraim tem se engajado em atividades de pré-campanha de Pedro Cunha Lima. O Republicanos, que apoia Efraim, está na base do governador João Azevêdo (PSB), adversário de Pedro nas urnas neste ano.

Por isso, Galdino afirmou que qualquer situação diferente da que foi combinada, precisa passar pelo aval do presidente da sigla, deputado federal Hugo Motta. Segundo ele, a atual situação tem causado preocupação.

 

“Ultimamente Efraim tem feito a campanha dele e do candidato dele, e isso tem deixado a gente um tanto quanto preocupados. Nós temos um candidato a governador que é João. Nós queremos a vitória de João e de Efraim”, falou.

 

“O que foi acertado com Efraim foi que ele ia fazer a campanha dele, senador, e não a campanha dele e do governador que ele está apoiando. Isso tem deixado algumas fissuras nesse nosso acordo”, continuou.

Perguntado ainda se haveria a possibilidade de o Republicanos retirar o apoio a Efraim, Adriano disse não acreditar na possibilidade, afirmando que o diálogo pode ser suficiente para alinhar a posição.

RESPOSTA DE EFRAIM FILHO

Já nesta segunda-feira (16), em entrevista ao Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan, Efraim Filho disse que a sua relação com o Republicanos está “ótima”, negando a tese de uma fissura.

 

“A relação com o Republicanos está ótima. Não está boa, está ótima. Tanto que nesse último final de semana foi dedicado às ações com o Republicanos”, falou.

“O que tem por parte de Adriano e de alguns membros do Republicanos é uma tentativa de convencimento da gente voltar à base de João Azevêdo. Ele tem sido emissário de mensagens nesse sentido. Para você ver como está tão ótima a relação, eles tentam fazer o convencimento de retornar à base de João”, emendou.

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

ELEIÇÕES 2022 - Adriano Galdino diz que Aguinaldo Ribeiro precisa assumir seu projeto ao Senado, mas sem transferir responsabilidade ao governador

 EXCLUSIVO  -  O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (Republicanos), se mantém atento e participando de agendas políticas ao lado do governador João Azevêdo, no Sertão do Estado e, em entrevista, comentou que a disputa para o Senado Federal exige que o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) assuma de vez seu projeto neste campo.

 

 

Ainda segundo Galdino, Aguinaldo precisa assumir suas competências de pré-candidato ao Senado, sem transferir responsabilidades a terceiros, em especial ao governador João Azevêdo.

“Esta é uma matéria que, no Republicanos, é conduzida pelo deputado federal Hugo Mota, mesmo assim entendo que Aguinaldo precisa assumir suas responsabilidades e não transferi-las”, frisou.
 
 
 

ELEIÇÕES 2022 - Indefinição de Aguinaldo Ribeiro leva aliados de João Azevêdo a procurarem outro pré-candidato a senador para chapa

 EXCLUSIVO  -  A indefinição da pré-candidatura do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) ao Senado Federal tem levado os aliados do governador João Azevêdo (PSB) a procurarem outro candidato para concorrer ao cargo em sua chapa majoritária.

 Interlocutores do governador já procuraram o também pré-candidato ao Senado, pastor Sérgio Queiroz (PRTB), para uma possível aliança com o governador para as eleições.

Não só Sérgio, as fontes afirmam ainda que o deputado federal Efraim Filho (União) também foi consultado, para um possível abandono da chapa do pré-candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB) e “volta” ao grupo de João Azevêdo.

 

Durante todo 2021 Aguinaldo e Efraim disputaram nos bastidores quem seria o pré-candidato ao Senado na chapa de reeleição de Azevêdo. No entanto, no início deste ano, Efraim tomou a decisão de abandonar o arco de alianças do governador para se juntar a Pedro.

Azevêdo diz que a “tendência” é ir com Aguinaldo Ribeiro.

Questionado pela imprensa nesta semana acerca da confirmação de Aguinaldo na chapa, João Azevêdo afirmou que as conversas caminham “nessa direção”, mas cobrou um posicionamento público do parlamentar, que até hoje não disse expressamente se irá disputar ou não o posto.

 

“Há uma tendência nessa direção, entretanto é possível e necessário que quem seja candidato esteja devidamente convencido de todas as condições para poder participar do processo”, disse. Aguinaldo está na Paraíba e deve anunciar ainda nesta semana qual será seu posicionamento.

Roberto Noticia - Jornalista - DRT 4511/88 

Acompanhe o Programa Conexão Master do dia 29 de março com análise de Roberto Notícia, Adenilson Maia e Batista Silva no comando de Alex Filho

 Acompanhe o Programa Conexão Master de terça-feira, dia 29 de março na TV Master, com apresentação de Alex Filho e os analistas políticos Roberto Notícia, Adenilson Maia e Batista Filho. No comando das redes sociais Rebeca Emilly.

Você assisti a TV Master através dos canais 20 e 520 na Claro TV para Cabedelo, João Pessoa e Campina Grande, no canal 13 da NET Line para Cajazeiras e cidades ao redor e no canal 1 da operadora LM em Guarabira e cidades do Brejo.

Veja o programa Conexão Master na íntegra. 
Acesse:

https://www.facebook.com/masterizandotvm/videos/677240556814032  

No Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=ED2sdw-ajfQ&t=184s 

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

ELEIÇÕES 2022: Após negativa de Efraim para ser vice de João Azevedo e possível indicação de Aguinaldo para senador, Eva Gouveia e Geraldo Medeiros são os cotados para vice-governador

 EXCLUSIVO  -  Após a negativa do deputado Efraim Filho em ser candidato a vice de João Azevêdo em uma conversa que tiveram esta semana e a possivel indicação do nome do deputado Aguinaldo Ribeiro para ser o senador de João Azevêdo nas eleições de 2022. Agora, começa a "corrida" para saber quem será o indicado para ser vice-governador na chapa oficial que concorre a reeleição.

Membros do ninho dos “Girassóis” do governador João Azevêdo, já não escondem mais que “fritaram” a pretensão do presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino de ser indica vice na chapa de João Azevêdo, que busca a reeleição ao governo da Paraíba. Tudo começou quando foi ventilado o nome do secretário de saúde, Geraldo Medeiros como pré-candidato a deputado federal.

A preço de hoje, o nome de Adriano Galdino é  “carta fora do baralho”, na disputa para ser vice de João Azevêdo. Em declaração a imprensa hoje, o deputado Adriano Galdino revelou que não foi procurador para compor a chapa majoritária do governador João Azevedo na vaga de vice. Adriano Galdino disse que nunca foi procurado por nenhum integrante do governo. “Eu nunca conversei com João sobre isso e não vou fazer cavalo de batalha. Para mim me orgulharia muito ser vice”, acrescentou o presidente da Assembleia.

Já está em curso no ninho dos “Girassóis” conversações para ter a secretária Eva Gouveia como candidata a vice de João Azevêdo ou do secretário de saúde, Geraldo Medeiros, representantes na região do compartimento da Borborema para fazer frente ao grupo de oposição em Campina Grande.   

A decisão irredutível do deputado Adriano Galdino em ficar com o pré-candidato ao senado Efraim Filho pesou para a “fritura” de seu nome em postular a vaga de vice de João Azevêdo.

A secretária Eva Gouveia recentemente se encontrou com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, que esteve em Fortaleza, capital do Ceará para um encontro com lideranças políticas do Nordeste.

Após o encontro, Eva disse que em breve a Paraíba terá novidades sobre o PSD, dando a entender que o partido pode evoluir para uma composição diferente dos rumos tomado por Romero Rodrigues.

Eva Gouveia defendeu que o PSD ocupe espaço na chapa majoritária de João Azevedo, “Estamos trabalhando para estar na chapa majoritária do governador. Temos grandes quadros”, destacou a secretária.

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

@1001noticias.com.br - @roberto1001noticias @jornalismo – 

@noticia - @robertonoticia 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente.

 

~